Notícias

PPGE-USCS participa do VII Simpósio Mundial de Estudos de Língua Portuguesa

O Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da USCS participou, entre os dias 20 e 24 de agosto, do VII Simpósio Mundial de Estudos de Língua Portuguesa, um dos mais importantes eventos científicos mundiais sobre a língua portuguesa. Os trabalhos apresentados pela aluna Giseli Pimentel Soares e as professoras mestres Dayane Martin Silva e Rita de Cássia Ambrósio foram orientados pela professora Dra. Ana Sílvia Aparício.

A professora mestre, egressa do PPGE, Rita de Cassia Ambrósio, apresentou o trabalho COMPREENSÃO LEITORA NA ALFABETIZAÇÃO: OS TEXTOS MULTISSEMIÓTICOS EM FOCO. A pesquisa objetivou analisar estratégias que auxiliem no desenvolvimento de habilidades de compreensão leitora por alunos em processo de alfabetização. Os resultados apontam que os alunos obtêm melhor desempenho na compreensão leitora quando os textos articulam linguagem verbal e não verbal, embora alguns, sobretudo os já alfabetizados, restrinjam-se à decifração do escrito, desconsiderando outros elementos não verbais do texto que contribuem para sua compreensão. A análise desses resultados traz uma grande contribuição para o professor alfabetizador, pois esse é um dos grandes problemas que o professor enfrenta na alfabetização: o privilégio que é dado, nas práticas de sala de aula, à apropriação do sistema alfabético de escrita em detrimento das práticas de compreensão leitora de textos que articulam múltiplas linguagens.

 

A professora mestre, egressa do PPGE/USCS, Dayane Martin Silva apresentou o trabalho: AVALIAÇÃO, ENSINO E APRENDIZAGEM EM LÍNGUA PORTUGUESA: UMA EXPERIÊNCIA NA REDE ESTADUAL PAULISTA A pesquisa investigou contribuições do uso da “Plataforma Foco Aprendizagem” para a formação e o trabalho do professor de Língua Portuguesa e melhor desempenho dos alunos nessa disciplina. Trata-se de uma Plataforma que, implantada em 2015 pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, disponibiliza dados do Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (SARESP) e da Avaliação da Aprendizagem em Processo, um programa da Secretaria, criado para acompanhamento mais específico das aprendizagens dos alunos e também de orientação da prática pedagógica do professor. Ao longo de um ano letivo, a professora acompanhou, com o uso da Plataforma, os dados de desempenho de cada aluno de uma turma do 6º. ano, nas avaliações de Língua Portuguesa. Esses dados ajudaram-na a diagnosticar as aprendizagens e dificuldades dessa turma para planejamento e realização de intervenções em sala de aula, por meio de sequências didáticas de gêneros textuais. Resultados da pesquisa evidenciaram que os alunos tiveram avanços significativos em todas as habilidades mobilizadas nas avaliações. A interpretação dos dados fornecidos pela Plataforma e o uso do dispositivo sequência didática permitiram ações de intervenção voltadas para as dificuldades específicas dos alunos e a personalização do ensino-aprendizagem.

A aluna Giseli Pimentel Soares apresentou o trabalho: ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO EM LÍNGUA PORTUGUESA DE CRIANÇAS HAITIANAS RECÉM-CHEGADAS AO BRASIL: OS DESAFIOS DO PROFESSOR DOS ANOS INICIAIS. A pesquisa tem por objetivo investigar os desafios de professores na alfabetização e letramento de crianças haitianas que chegaram recentemente ao Brasil e ainda não compreendem o português. A pesquisa em andamento é realizada em escolas públicas municipais de Santo André, SP, onde há grande concentração de crianças haitianas matriculadas nos anos iniciais do Ensino Fundamental.