Notícias

Integração, organização e alto nível dos trabalhos marcam Simpósio Internacional de Comunicação

A integração entre pesquisadores do Brasil e do exterior, a qualidade dos trabalhos apresentados e o cuidado com a organização foram alguns dos destaques do Simpósio Internacional de Comunicação e Cultura, que aconteceu nos dias 28 e 29 de abril, na USCS.

O evento foi realizado em parceria pelos Programas de Pós-Graduação da USCS, da Universidade Metodista (UMESP), da Universidade Paulista (UNIP) e da Universidade de Colima, do México, além da Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul.

No total, foram apresentados 163 trabalhos, de pesquisadores do Brasil, de outros países da América Latina e da Europa, voltados especificamente à discussão acerca da memória no campo da comunicação. Ainda fizeram parte das atividades 4 mesas de reunião científica, que abordaram temas como: “Comunicação, Comunidades e Memória”; “Sistemas Complexos, Novas Tecnologias e Memória Coletiva” e “Métodos para estudos de História Oral e Comunicação”.

A professora da USCS, Dra. Priscila Perazzo, coordenadora do Núcleo de Pesquisa Memória do ABC e uma das organizadoras do Simpósio, chama a atenção para alguns pontos que marcaram o evento. “O Simpósio demonstrou a importância e o interesse das pessoas por um espaço para discutir a comunicação por meio da memória oral. É importante salientar o trabalho da equipe que se envolveu no projeto, o nível dos trabalhos e das palestras e também o público que compareceu ao evento”.

Entre os convidados para participar das mesas de debates, esteve presente a Profª Dra. Rosa Cabecinhas, da Universidade de Minhos (Braga-Portugal), que enaltece a iniciativa. “Acredito que o Simpósio proporcionou alargar o nosso entendimento na ciência da investigação na área da comunicação. A troca de experiência, as diversidades temáticas e abordagens inovadoras apresentadas servem de inspiração para novas ideias”.

Veja as fotos do evento:

Além do Simpósio propriamente dito, ocorreram outras atividades complementares. No dia 27 de abril, um colóquio, na UMESP, contou com a participação de diversos pesquisadores para discutir o tema: “Nos caminhos da investigação científica”. Já no dia 30 de abril, na UNIP, oficinas colocaram em prática alguns dos temas discutidos no evento principal.




Formado em Sistemas para Internet pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul e atuo há 3 anos como Desenvolvedor Web e Designer de Interfaces. Atualmente trabalho na reformulação dos portais web da USCS.