Notícias

CRECES Brasil realiza o V Encontro Ibero-Americano de Mobilidade Urbana Sustentável – EIMUS

Texto retirado da página oficial da UNESCO IESALC.

O núcleo do Centro Regional para a Cooperação no Ensino Superior (CRECES) no Brasil, organizado pela Associação Americana de Mobilidade Urbana Sustentável (ASIMUS), realizou o V Encontro Ibero-Americano de Mobilidade Urbana, na USCS, de 7 a 9 de maio de 2019.

O objetivo deste encontro foi “promover o debate sobre aspectos importantes para as cidades contemporâneas, como meios de transporte sustentáveis ​​e inclusivos, o uso de combustíveis renováveis ​​e a produção de políticas públicas que busquem a equidade, o bem comum e a participação social naquelas decisões “, conforme consta na página oficial do evento.

Os temas abordaram o espaço público e a mobilidade: a cidade para as pessoas; planejamento e gestão da mobilidade sustentável; políticas públicas em favor dos usuários com bicicletas; agendas e políticas inovadoras em favor da mobilidade sustentável; modos massivos de mobilidade: tendências contemporâneas e participação cidadã nas políticas de mobilidade urbana.

O V EIMUS recebeu cerca de 250 participantes de 10 países, incluindo Inglaterra, Portugal, Espanha, Colômbia, Uruguai, Costa Rica, Nicarágua e Paraguai, e “concentrou sua discussão em torno da mobilidade urbana, ensino superior e desenvolvimento sustentável na esfera ibero-americana “, nas palavras do coordenador-núcleo do CRECES Brasil, Daniel Vaz.

“O sucesso do encontro consistiu na criação de uma aliança entre o núcleo CRECES Brasil e várias universidades brasileiras para continuar avançando na questão da mobilidade urbana”, afirmou. “O evento posiciona São Caetano do Sul e a região do ABC como protagonistas no cenário internacional, pois reúne muitos países da região em torno da mobilidade urbana e objetivos de desenvolvimento sustentável “, disse Vaz em entrevista realizada antes do evento, pelo jornal ABC.

Para o prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior, “é uma alegria ter a nossa cidade para sediar um evento desta magnitude, que tem tido cidades como Barcelona, ​​Lima e Quito como anfitriãs. Com certeza, o EIMUS coloca definitivamente não apenas São Caetano, mas também a área do ABC em um contexto global “, explicou em nota divulgada pela Prefeitura Municipal de São Caetano do Sul.

Humberto Grimaldo, coordenador do Observatório de Responsabilidade Social para a América Latina e o Caribe (ORSALC) do IESALC, apresentou os desafios do III CRES, baseado no conceito de responsabilidade social territorial. Sua abordagem foi focada no ensino superior comprometido com o território e pensando na mobilidade, não apenas como deslocamento, mas com conotações mais complexas que implicam os ODS.

Metas de Desenvolvimento Sustentável 

A organização do V EIMUS é a segunda atividade realizada pelo centro CRECES Brasil, desde a assinatura do acordo de cooperação com a UNESCO-IESALC, onde este centro é criado. A primeira consistiu de um curso de formação de professores sobre os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (DPSs), emitidos por João Vaz Ribeiro na sede da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Na ocasião, cerca de 30 professores beneficiados, entre gestores, membros dos conselhos de cursos e ensino de educação física, enfermagem, farmácia, fisioterapia, nutrição, odontologia e psicologia, como gerentes de artigos ilustrados e Professores da Escola de Saúde realizam Capacitação em ODS publicado pelo USCS. O treinamento foi realizado com o objetivo de popularizar os ODS na USCS e fortalecer o compromisso com a Agenda 2030, no cotidiano da instituição e para liderar a mobilização de outras instituições de ensino superior sobre o assunto. Com essas atividades, o núcleo CRECES Brasil continua a trabalhar em iniciativas e desenvolvimento da cooperação inter-agências conjuntas para criar espaços de discussão, intercâmbio e diálogo, gerando conhecimento para apoiar os ODS, com ênfase no ensino superior.