Notícias

USCS lidera inscrições brasileiras no II Simpósio Internacional Comunicación y Cultura

Evento acontece de 24 a 26 de abril em Colima, México

Com 20 trabalhos aprovados, a USCS, será a instituição brasileira com maior participação no II Simpósio Internacional Comunicación y Cultura: problemas y desafíos de la Memoria y de la Historia Oral que se realizará em Colima, México, entre 24 e 26 de abril de 2017. Trata-se da segunda edição desse Simpósio, cuja primeira foi idealizada e realizada na USCS, em abril de 2015, contando com as mesmas parcerias que se mantém: Universidad de Colima (UCOL), México; Universidade Metodista de São Paulo (UMESP); Universidade Paulista (UNIP) e Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul.

Analisando as inscrições no II Simpósio, foram registrados 86 trabalhos de brasileiros, sendo 80 deles aceitos para a apresentação. Entre esses trabalhos, identificam-se 37 instituições brasileiras inscritas, representando as cinco regiões do País. Do estado de São Paulo, são 11 instituições. Do Rio de Janeiro, são seis. Contemplando toda a região Sudeste, são 20. Da região Sul são cinco. Do Nordeste, nove. Há ainda representantes do Amazonas, do Tocantins, do Acre e do Mato Grosso. Dos 91 trabalhos não brasileiros, os números se expressam da seguinte forma: México: 80; Colômbia: 06; Cuba: 02; Argentina: 01; Estados Unidos: 01; França: 01. Pode-se considerar que a participação brasileira no estrangeiro representa aproximadamente 50%.

Segundo a Profa. Dra. Priscila Ferreira Perazzo, do Programa de Mestrado em Comunicação da USCS e que divide a organização geral do II Simpósio com a Profa. Dra. Karla Covarrubias, da Universidad de Colima, há outra participação importante e efetiva da USCS: as coordenações de Grupos de Trabalho (GTs). “O coordenador de GT tem as seguintes funções no II Simpósio: avaliar resumos enviados ao seu GT nas línguas espanhol, português ou inglês; organizar as sessões de apresentação de seu GT; mediar as apresentações e as discussões em seu GT (presencialmente, durante a realização do Simpósio); acatar as normas da organização do Simpósio e fazê-las cumprir entre os participantes de seu GT. Dessa forma, 08 GTs contam com 11 professores em suas coordenações. Dentre esses, 10 professores são do Stricto Sensu e 01 professor da Graduação em Comunicação”, relata Perazzo.

Mais informações sobre o II Simpósio Internacional Comunicación y Cultura: problemas y desafíos de la Memoria y de la Historia Oral podem ser obtidas na página do evento:http://simposiocomunicaca.wixsite.com/problemasydesafios

Texto: Prof. Dr. Arquimedes Pessoni