Notícias

Professora da USCS apresenta conferência magistral em II Simpósio

Nesta quarta-feira (26) de abril ocorreu a última conferência magistral do II Simposio Internacional Comunicación y Cultura: Problemas y desafíos de la memoria e historia oral, na Universidad de Colima (México). A conferencista foi a Dra. Priscila Ferreira Perazzo, da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS) e a moderadora foi a Dra. Ana B. Uribe Alvarado, pesquisadora da UdeC.

Ana Uribe iniciou agradecendo aos organizadores o êxito deste encontro, também destacou parte do currículo da conferencista, na qual trabalha como pesquisadora do Núcleo Memórias do ABC. A moderadora anunciou que a conferência seria apresentada em português e passou a palavra a pesquisadora Priscila Ferreira Perazzo. Ao receber o microfone, Perazzo brincou sobre o seu portunhol.

De imediato se escutaram os primeiros clicks das câmeras e iniciou-se a conferência Imagens e Narrativas Orais nas Memórias do ABC. Segundo exposto, para esta pesquisa foi utilizado as narrativas orais de história de vida como método. A pesquisa começou no ano de 2003 e permitiu coletar materiais de memórias dos moradores do ABC Paulista. “Construimos nuestras memorias desde una perspectiva particular”, destacou Priscila.

Foi explicado que a história é um relato verídico, enquanto a memória é uma representação que pode ser estudada por meio das histórias orais, já que esta produz dados que geram um discurso como parte da história.

Na sequência da conferência, foi apresentado o documentário Memórias do ABC, um curta de 20 minutos, que narrou cronologicamente a evolução da região do ABC Paulista, em 3 das 7 cidades que compõe esta região: Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul. Desse modo, por meio das narrativas orais de atores de teatro, operários e descendentes de imigrantes europeus, foi relatado etapas importantes dessas cidades, como a industrialização, o movimento operário e os desdobramentos da Segunda Guerra Mundial.

Ao fim, Priscila Ferreira Perazzo agradeceu a colaboração de três monitoras do Laboratório Hipermídias, na qual é coordenadora, que ajudaram na elaboração do vídeo. Aproveitou também para agradecer transmissão ao vivo para o Brasil, realizado pela Televisión Universitaria da UdeC. Desta maneira, finalizou sua apresentação e se escutou os calorosos aplausos no Auditorio Carlos de la Madrid Virjen. Ana Uribe abriu o espaço para perguntas e respostas, aproveitado pelos presentes.

Foto por Rafael Franceschini

Texto original por Mayra Alcaraz

Edição e tradução por João Paulo Soares