Notícias

Banca ampliada avalia projetos de pesquisa de alunos de Economia

“Faculdade Municipal de Ciências Econômicas, Políticas e Sociais” – esse foi o primeiro nome da USCS, no ano de sua fundação, em 1968. Como a própria instituição, (que se transformou em IMES em 1970 e em “Universidade” na década de 2000), o curso de Economia da USCS, um dos mais tradicionais, apresentou diferentes configurações e desafios ao longo desse período, mas sempre buscando combinar tradição e inovação.

Nesta perspectiva, ocorreu mais uma vez, o “Seminário de Qualificação dos Projetos de Monografia em Economia”, no qual os alunos apresentam seus projetos de pesquisa a uma banca de professores do curso, que fazem as devidas críticas e sugestões. A banca busca valorizar o trabalho científico, verificando se o aluno aplica devidamente as técnicas de pesquisa em Economia. A partir daí os alunos são direcionados aos orientadores específicos que os ajudam a desenvolver e entregar os relatórios finais na forma de monografias.

Iniciado em 2004, este ciclo de qualificação de projetos de pesquisa, como exigência da obtenção do título, é um dos diferenciais do curso de Economia na USCS. Ele propicia um nítido amadurecimento ao aluno para a sua chegada ao mercado de trabalho como economista, assim como para os desafios de uma possível pós-graduação.

Sob a coordenação da Professora Marlene Cardia Laviola, nos dias 31 de maio e 1, 2 e 3 de junho, formou-se uma banca ampliada e qualificada para a avaliação de 35 projetos de pesquisa.

Agora, os projetos sofrerão os ajustes sugeridos pela banca, assim como pelo professor orientador específico designado para cada projeto.

Atualmente, a Gestão da Escola de Negócios e os professores do curso, orientados pela Pró-Reitoria de Graduação, discutem mudanças que incrementem ainda mais o Seminário de Projetos e a qualidade final das pesquisas no curso de Economia, sempre buscando alinhar tradição e inovação.

Saiba quais foram os projetos preliminares discutidos no 1º semestre de 2017, clicando aqui.